terça-feira, 10 de maio de 2011

Neoplasias orais



Os tumores orais representam cerca de 6% de todos os tumores que acometem os cães, sendo o quarto local mais freqüente, sejam eles benignos ou malignos. Os tumores malignos são comumente oriundos de tecidos moles, como melanoma, carcinoma de células escamosas e fibrossarcoma.
As neoplasias malignas possuem crescimento rápido e incontrolável, destrutivo, difuso, com infiltração local, dor e ulceração. Podem formar metástases e seu prognóstico é reservado, mesmo com tratamento. Em cães o tumor maligno mais comum é o melanoma maligno, chegando a 30-40% dos tumores orais, seguido de carcinoma espino celular e fibrossarcoma, em gengiva, mucosa alveolar, palato e língua.
Já em gatos o carcinoma espinocelular é o tumor oral mais comum, seguido do fibrossarcoma e raramente melanoma, localizando-se mais comumente em gengiva e língua. Também são comuns na cavidade oral o osteossarcoma, condrossarcoma, sarcoma anaplásico, osteocondrossarcoma, carcinoma intraósseo, mixossarcoma, hemangiossarcoma, linfoma, mastocitoma e tumor venéreo transmissível.
O épulis é a neoplasia benigna mais comum em cães e gatos e pode ser classificado em acantomatoso, fibromatoso, ossificante e de células gigantes. Apesar de ser classificado como benigno o épulis acantomatoso é localmente invasivo, destruindo o osso subjacente. É a neoplasia invasiva mais comum em mandíbulas e o tratamento indicado é excisão cirúrgica com amplas margens ou radioterapia. Também podem ser evidenciados na cavidade oral ameloblastomas, papilomas, cementomas, odontomas, adenomas, fibromas, hamangiomas e lipomas.
Dentre as raças com maior predisposição estão: Boxer, Cocker Spaniel, Pastor Alemão, Golden Retriever, Poodle, Chow Chow, Pointer e Weimaraner.
O diagnóstico precoce possibilita maiores chances de tratamento e pode ser obtido através de citologia ou biópsia. O exame citológico é de grande importância no diagnóstico das neoplasias orais por ser não invasivo e auxilia o clínico veterinário na escolha do tratamento, avaliação da extensão da exérese cirúrgica e determinação do prognóstico para o paciente.
O tratamento indicado é a cirurgia com amplas margens e associação à quimioterapia, dependendo do tipo de neoplasia. Pode ser necessário remover parte ou todo o osso da mandíbula ou maxila para obter margens de segurança, no entanto, o animal consegue comer e beber àgua normalmente após a cirurgia. A língua pode ficar um pouco pendulosa mas isto pode ser corrigido com cirurgia plástica. 

Este paciente apresentava uma ferida oral há dois meses sem cicatrizar e a citologia mostrou se tratar de uma neoplasia maligna. A massa foi removida cirurgicamente, sem necessidade de retirar o osso adjacente, e o diagnóstico foi concluído com biópsia e imunohistoquímica. O tratamento quimioterápico foi realizado.



Paciente após remoção de neoplasia maligna (fibrossarcoma) em ramo da mandíbula. Foi necessário obter amplas margens. É muito importante que os pacientes sejam mantidos em repouso e alimentando-se apenas de alimentos pastosos para um pós operatórios tranquilo e sem complicações. É obrigatório o uso do colar elizabethano.


Dra Luana Torres
Médica Veterinária
 

7 comentários:

  1. Nota de esclarecimento:
    Infelizmente nao posso avaliar casos pela internet. Procure o seu veterinario ou o atendimento de um oncologista veterinario para avaliacao do seu animal pessoalmente. O veterinario apos o exame fisico ira avaliar exames diagnosticos como exames de sangue, radiografias, ultrassom, citologia aspirativa e/ou biopsia para determinar o melhor tratamento adequado ao caso especifico do seu animal. Este blog tem o objetivo educacional, e nao serve como servico de acessoria ou avaliacao de casos a distancia. Atenciosamente,
    Dra. Luana Torres

    ResponderExcluir
  2. Épulis são neoplasias ou displasias?

    ResponderExcluir
  3. O cão com mastocitoma pode reproduzir? Tem algum risco de passar para a cadela e / ou os filhotes gerados?

    ResponderExcluir
  4. Dr, boa tarde! Através de qual exame vc descobriu o tumor na mandíbula??? Por exame de tomografia acusa? Obrigada desde já Scarletnahua@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Qual seria o valor aproximadamente de uma cirurgia de Epulis ,pequeno ainda .
    Mais ou menos só para ter uma base de quanto gastarei entre exames e cirurgia.
    Já tenho Rx.

    ResponderExcluir
  6. Dra.Luana,boa noite.Gostaria de entrar em contato com vc. Tenho uma cachorra pequena com neoplasia gengival e preciso da sua ajuda. Meu nome e Ronaldo jurado e se possivel entre em contato ou passe o seu contato.Obrigado.11 995916123

    ResponderExcluir